Irecê-BA: Projeto de lei de desafetação do terreno é aprovado em sessão ordinária

Da Redação

Os vereadores Paulinho do Destak e Valdereis Lopes tiveram grande importância na aprovação do projeto, bem como o vereador Toinho do Judô, apesar de alguns parlamentares tentarem dificultar a votação na sessão ordinária desta quinta-feira (21), os pares insistiram e aprovaram o projeto que irá beneficiar grandemente os bairros Lagoa do Tió, Baixão de Sinésia São José e adjacências.

Os vereadores Irisvan do Angical e Edilson Cachoeira votaram contra o projeto e a vereadogarida Cardoso se absteve do voto.

Partilhar:

Irecê recebe Evangelista dos EUA Adam Smith no Festival Internacional Boas Novas

Da Redação

O evangelista norte americano Adam Smith estará em Irecê nos dias 8 e 9 de março deste ano a partir das 19h. Haverá a participação musical do Ministério Fé Brasil e dos cantores gospel dos Estados Unidos Tyler Wrenn e Big C.

O evento é gratuito e acontece na Praça Clériston Andrade (Praça do São João). A organização é do Ministério Fé Brasil e a realização é de Truth & Power Ministries International.

Partilhar:

Prefeitura de Irecê inicia pavimentação asfáltica na Avenida Guararapes

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

Ascom

O carnaval começou, e a Prefeitura de Irecê leva alegria em forma de trabalho aos moradores da Avenida Guararapes. Foi iniciada no local, na tarde desta sexta (01), a pavimentação asfáltica em uma área de mais de 2,5 mil m2, que vai receber Concreto Betuminoso Usinado a Quente – CBUQ (asfalto quente) e também sinalização horizontal e vertical.

Segundo o prefeito Elmo Vaz, a Avenida Guararapes é mais um vetor de desenvolvimento para a cidade. “Essa é uma obra muito aguardada pela comunidade. É com imensa satisfação que estamos dando continuidade ao Programa Urbaniza Irecê nessa importante via do município, paralela a Avenida Adolfo Moitinho, que recentemente foi transformada em mais uma entrada para a cidade, ligando a BA-052 até a Rodoviária”, explica. “Essa ação, fruto de emenda do Deputado Federal Daniel Almeida (PCdoB) vai melhorar a trafegabilidade e o trânsito da região, valorizar os imóveis e dar qualidade de vida aos moradores”, finalizou.

Partilhar:

Prefeitura de Irecê disponibiliza informe de rendimentos on-line para declaração de I.R.

A imagem pode conter: texto

Ascom

O servidor municipal que precisar fazer a declaração de Imposto de Renda não terá mais que se deslocar até o setor de Recursos Humanos (RH) para obter o seu Informe de Rendimentos. A Prefeitura de Irecê, por meio da Secretaria de Administração, já disponibilizou o documento referente ao calendário de 2018 no canal do servidor do seu site oficial.

Basta acessar o link https://goo.gl/inMXqY e preencher os campos de usuário e senha. Logo após, na aba de serviços, clicar em Informe de Rendimentos.

No caso de dúvidas sobre nome de usuário e senha, entrar em contato com o setor de RH, das 8h às 12h, pelo telefone (74) 3641-3314.

Quem deve declarar – todo servidor que no ano de 2018 teve rendimento superior a R$28.559,70, valor que corresponde a mais de R$1.903,98 mensais.

Partilhar:

Conferência Profética Prospere começa hoje (27) em Irecê

Começa nesta quarta-feira (27) e vai até 5 de março a Conferência Profética Prospere em Irecê-Bahia.

Como conferencistas os pastores Valdair Damasceno, Dorival Rosa, Enos Mabel, Paulo Freire e pastora Nety. O evento contará com a participação de Dyno Adorador e do pastor Francisco Ramalho, dos Estados Unidos.

O evento é uma realização da Igreja Evangélica Nova Aliança.

Partilhar:

Sobre o papel da Agência de Notícias IrecêPress; Leia nosso manifesto inicial escrito em 2017

IrecêPress tem como missão principal ser a Agência de Notícias do Território de Irecê. Isso significa cobrir de forma territorial os 22 municípios que o compõe.

No conceito de Microrregião, o verbete da Wikipédia diz que “a microrregião de Irecê é uma das microrregiões do estado brasileiro da Bahia pertencente à mesorregião Centro-Norte Baiano. Sua população foi estimada em 2015 pelo IBGE em 400.063 habitantes, e está dividida em dezenove municípios. Possui uma área total de 17.379,725 km².”

Município População (2015) Área (km²) Gentílico
América Dourada 16.923 743 américo-douradense
Barra do Mendes 14.526 1.252 barra-mendense
Barro Alto 15.377 425 barroaltense
Cafarnaum 18.695 927 cafarnauense
Canarana 26.382 617 canaranense
Central 18.140 606 centralense
Gentio do Ouro 11.423 3.671 gentiense, gentiourense
Ibipeba 18.674 1.417 ibipebense
Ibititá 18.727 564 ibititaense
Iraquara 25.006 800 iraquarense
Irecê 73.380 319 ireceense
João Dourado 25.141 984 joãodouradense
Jussara 15.841 948 juçarense
Lapão 27.521 638 laponense
Mulungu do Morro 12.200 517 mulunguense
Presidente Dutra 14.712 163 presidutrense
São Gabriel 19.542 1.199 gabrielense
Souto Soares 17.332 1.095 soutosoarense
Uibaí 14.483 550 uibaiense
Fonte: IBGE/2015[1]

Com a Política Pública de Territórios de Identidade, implementada nos Governos Lula e potencializada na Bahia com o Governo de Jaques Wagner e depois Rui Costa, ambos do PT, Irecê possui 22 municípios em seu Território.

O Projeto tem por objetivo “identificar prioridades temáticas definidas a partir da realidade local, possibilitando o desenvolvimento equilibrado e sustentável entre as regiões, o Governo da Bahia passou a reconhecer a existência de 27 Territórios de Identidade, constituídos a partir da especificidade de cada região. Sua metodologia foi desenvolvida com base no sentimento de pertencimento, onde as comunidades, através de suas representações, foram convidadas a opinar.”

O território é conceituado como um espaço físico, geograficamente definido, geralmente contínuo, caracterizado por critérios multidimensionais, tais como o ambiente, a economia, a sociedade, a cultura, a política e as instituições, e uma população com grupos sociais relativamente distintos, que se relacionam interna e externamente por meio de processos específicos, onde se pode distinguir um ou mais elementos que indicam identidade, coesão social, cultural e territorial.”

É neste contexto que se insere o debate plural de ideias e um novo fazer jornalístico no âmbito territorial, com newsletter, presenças no Twitter, no Facebook, no Instagram, no Youtube. Um jornalismo que valoriza o texto, a apuração, a pauta.

Partilhar:

Ouvidoria do Município de Irecê cumpre papel pioneiro no atendimento aos cidadãos

A imagem pode conter: 1 pessoa
Fábio Nunes, Ouvidor Geral do Município discursa na tribuna da Câmara. Foto: Divulgação.

Por Juliano Ferreira

Ouvir as demandas da população e fazer com que estas demandas, sejam elas, reclamações, elogios, sugestões, críticas ou solicitações são recebidas, encaminhadas as instâncias competentes e devolvidas ao cidadão com retorno de até 24 horas, este é o principal objetivo da Ouvidoria do Município de Irecê.

De acordo com Fábio Nunes, Ouvidor Geral do Município, “uma ouvidoria pública atua no diálogo entre o cidadão e a administração pública, de modo que as manifestações decorrentes no exercício da cidadania provoquem contínua melhoria nos serviços prestados”.

A ouvidoria funciona através de telefone fixo, e-mail e com caixas de sugestão, presentes nos diversos setores da administração pública municipal. “Um dos nossos diferenciais é que a ouvidoria não funciona somente através de nossos canais, mas de forma presencial, de 8h às 12h no prédio da Prefeitura Atende, e das 14h às 17h através dos nossos canais”, pontua Nunes.

Em 28 de julho de 2017, o órgão realizou um Seminário com o tema: Ouvidoria cidadã – Um instrumento de construção coletiva, que teve por objetivo tornar conhecido o papel da ouvidoria e principalmente criar as ouvidorias da Saúde e da Educação. Estiveram presentes como palestrantes, a ouvidora do SUS no Estado da Bahia, Celurdes Carvalho e o Advogado e presidente do PPS em Irecê, Edvaldo Martins Araújo.

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Edivaldo Martins de Araujo e Fabio Nunes, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno
Seminário sobre Ouvidoria cidadã realizado em Irecê. Foto: Divulgação.

“Irecê é o único município do Estado da Bahia a ter uma ouvidoria específica de saúde e educação, ligados a ouvidoria geral, para garantir a participação do povo na gestão e realizar seus anseios”, finaliza Nunes.

Serviço:
Telefone: (74) 3688-6525
E-mail: ouvidoria@irece.ba.gov.br

Partilhar:

Nova Mesa Diretora da Câmara de Irecê se prepara para ano legislativo

Por Juliano Ferreira

O ano de 2019 promete ser um ano quente no Legislativo em Irecê, a bancada de oposição ao Prefeito Elmo Vaz fez a mesa diretora, que é composta por Paulo Joaquim, do Podemos, como presidente, Leonardo da Silva, do PSDB, como vice-presidente, Antônio de Jesus, do PRB como 1º secretário e Valdereis Ferreira, 2ª secretária, do PSD.

Informações preliminares dão conta de que Toinho do Judô deverá presidir uma das principais Comissões da Casa, a de Justiça e Redação, até então sob o comando de Tertuliano Leal, do PTB.

Designado pelo novo grupo político como diretor do Legislativo, Paulo Barreto espera um “bom respeito entre o Executivo e a Câmara, não dificultará a tramitação das matérias oriundas do Executivo e as colocará em pauta, cabendo o plenário aprová-las ou reprová-las”.

Fontes ouvidas pela reportagem relatam que o Executivo possui um diálogo fragilizado com o Legislativo, mesmo quando a bancada de situação comandava a Mesa Diretora, vamos aguardar os trabalhos e saber como vai se comportar o Executivo diante da nova mesa diretora.

Partilhar:

Joseildo Ramos assume a cadeira de Deputado Federal; Vereador Fabiano Bia repercute

Joseildo Ramos, PT, segundo suplente de Deputado Federal e com expressiva votação, ele assume o mandato com a convocação pelo Governador Rui Costa aos eleitos Nelson Pellegrino pra a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e Josias Gomes, Relações Institucionais.

De acordo com o vereador Fabiano Bia, apoiador do deputado na Câmara, “Joseildo Ramos, assim como eu é um militante que vem lutando por mais políticas públicas para a Bahia e agora na Câmara não será diferente, buscaremos emendas parlamentares para nossa querida Irecê”, disse.

Partilhar:

Ética e Moral: Tirando o Véu, Mostrando a Cara

A imagem pode conter: Irailde Gonçalves de Lima, sentado e sapatos

Por Irailde Gonçalves de Lima*

A ética e a moral tem sido o conteúdo de muitas discussões no contexto atual, em cada lugar do país, educadores, políticos e cidadãos discutem sobre a existência e/ou a ausência de uma ética e da moral nas atitudes das pessoas sejam elas públicas ou não, basta um acontecimento chocante tipo violência de policiais, negligência médica e já começam tergiversações. É por isso que resolvi fazer algumas indagações com vista a elucidar alguns pontos dessa temática.

Quem de vocês já se deparou com relatos de pessoas sem trabalho, de crianças sem teto, de mulheres violentadas e não ficou indignado? Quem de vocês não experimentou um sentimento de arrependimento, de uma culpa sem desculpas, de ter cometido um erro sem perdão? Por outro lado, quem de vocês não experimentou um sentimento de arrependimento, de uma culpa sem desculpas, de ter cometido um erro sem perdão? Por outro lado, quem de vocês não se regozijou na bondade do outro? Na coragem dos que lutam por Justiça? Ou orgulhoso por sucessos dos chamados “deserdados sociais”?

Quando experimentamos tais sentimentos, podem ter certeza: nosso senso ético foi acionado e nossos valores éticos emergem do mais íntimo do nosso ser, vivemos em  busca de um fim: afastar a dor e cultivar a felicidade, mas essa finalidade extrapola os limites da subjetividade e se instaura no convívio social.

Mas afinal qual é a gênese de todos esses sentimentos? Viajando no tempo, iremos encontrar na antiguidade clássica um filósofo Sócrates em busca da Justiça, do bem e do bom, visando um duplo fim: saber o que é e como vivenciar esses valores para conquistar o bem e a virtude.

A ética e a moral são tão arraigados na sociedade, cristalizados nos costumes que parecem anteriores ao processo civilizatório, isto é, uma determinação dos deuses e fruto de seus desejos, paixões imbricados no tecido social.

Os bons costumes ou costumes é termo grego: Ethos, traduzido como ética e escrito com a vogal “e”, longa, significa costume, e, com a vogal “e” (episilon) breve, significa caráter, boa índole, e, é, também, um termo latino: Mores que quer dizer Moral. Portanto, ética e moral se referem aos costumes assumidos por livre escolha de acordo com as disposições físicas e psíquicas de cada indivíduo.

Assim, a ética e a moral se manifestam no campo da prática, mas se diferem da técnica quando nesta, ação e consequência se separam, (a mercadoria resulta da ação, mas não é a ação), enquanto que na Práxis Ética nossa ação é a materialidade dos princípios éticos que optamos como correto ou incorreto, bom ou ruim, enfim, os valores (justiça, honradez, espírito de sacrifício, integridade, generosidade) despertam os sentimentos  (admiração, vergonha, culpa, remorso, contentamento, cólera, amor, dúvida, medo) e provocam ações que trazem consequências para quem as pratica (livre escolha) e para os outros.

Elas estão no tecido do convívio social, mas não transcende a ele, ou seja, podemos aderir, modificar ou não os costumes instituídos numa sociedade, mas qualquer que seja nossa escolha nós somos responsáveis por ela subjetiva e intersubjetivamente. Podemos falar ou calar diante da violência doméstica e nas ruas, da opressão, da exploração, da fome, da corrupção, dos abusos do poder, mas não nos eximir da culpa da nossa responsabilidade da realização do “ser” humano de cada um de nós, e , para concluir vale citar o filósofo francês Jean-Paul Sartre: “o importante não é o que fazem do homem, mas o que ele faz do que fizeram dele”.

*Irailde Gonçalves de Lima é professora de Filosofia da Educação e Epistemologia do Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado da Bahia.

Edição: Juliano Ferreira/JF Publicações Científicas

Partilhar: