Deu xabú na eleição da Mesa Diretora da Câmara de Irecê, na noite deste sábado (15)

file-2018-12-15213817.844791-sessaoe1845304-00ca-11e9-9991-f23c917a2cda.jpg

Frustração: partidários lotaram a Câmara, esperando nova Mesa Diretora. Adiada para dia 20 – Foto: Gilberto Neiva

Por Cultura&Realidade

Por volta das 19h deste sábado, 15, o presidente da Câmara de Vereadores, Rogério Amorim “Figueiredo”, abriu a Sessão para a realização da Eleição da Mesa Diretora da casa, para o próximo período legislativo. Após fazer a chamada nominal dos vereadores, constatando a presença dos quinze parlamentares, declarou aberta a sessão.

Em seguida, atendendo uma questão de ordem do vereador Murilo Franca Paiva Silva, que disse ter sido prejudicado como o processo transcorreu até o momento, leu Parecer Jurídico que aponta inconstitucionalidade das duas chapas registradas para a disputa, uma vez que o regulamento da Câmara não permite reeleição.

“Figueiredo” declarou cassadas as duas chapas registradas e concedeu cinco dias para que os interessados possam reformular as suas composições, remarcando a eleição para o próximo dia 20, podendo as chapas concorrentes serem registradas até uma hora antes da votação.

As duas chapas registradas dispõem de componentes que são membros da atual Mesa Diretora. Paulo Joaquim, atual secretário, aparece como candidato a presidente na Chapa 1, e na Chapa 2, que apresenta Tertuliano Libório como candidato a presidente, consta o atual presidente “Figueiredo”, como candidato a vice-presidente.

As presenças de dois candidatos concorrentes nessa eleição, sendo atuais membros da Mesa Diretora em exercício, foram consideradas inconstitucionais pelo Parecer Jurídico apresentando e por isso foram cassadas.

OPOSIÇÃO FORÇA SESSÃO

Mesmo com a Sessão de Eleição suspensa pelo atual presidente da Casa, a Chapa 1, liderada pelo vereador Paulo Joaquim, forçou na realização de uma nova Sessão. Após alguns momentos da suspensão inicial, eles abriram novo conclave parlamentar, sob a presidência do atual vice-presidente Edilson Cachoeira, com as presenças dos oito vereadores oposicionistas.

Fizeram chamada, leram versículos da Bíblia, entonaram o Hino Nacional e em seguida realizaram a eleição, considerada ilegal pelos vereadores situacionistas. Os ex-prefeitos Luizinho Sobral e Beto Lelis se fizeram presentes nesta segunda sessão.

Sobre o ato dos vereadores da oposição realizarem “na tora” uma sessão, considerada não regimental, o vereador Figueiredo disse que a oposição “visa tão somente atrapalhar o processo democrático, mas não tem nenhum valor legal”, concluiu, confirmando a Sessão Extraordinária para eleição da Mesa Diretora no dia 20, quinta-feira, às 10h da manhã.

Vereadores de oposição força Sessão, considerada ilegal pela situação – Foto: Colaboradora amadora

Luizinho compareceu na Sessão realizada pela oposição – Foto: Fac simille de vídeo

Partilhar:

Em última Sessão Ordinária de 2018, Bancada de Oposição mostra força, reprova projeto do Executivo e aprova nota de Repúdio a Secretária de Saúde de Irecê-BA

Por Juliano Ferreira

A Câmara Municipal de Irecê realizou nesta quinta-feira (13/12) a última Sessão Ordinária do ano. Decana da casa, com 8 mandatos, Valdereis Ferreira Lopes apresentou uma moção de repúdio a Secretária de Saúde Dulce Barreto. “Esta é a segunda vez que vou a Secretaria e presenciei como o ser humano é tratado neste setor, meu repúdio a esta Secretária!”, disparou Valdereis.

“Faltam exames, medicamentos, me parece que o Ministério Público não está ajudando. A questão da saúde das mulheres é grave com o câncer de mama. O dinheiro público é nosso, é do povo de Irecê”, pontuou. Tertuliano Leal, líder do Governo na Câmara e membro da Comissão de Justiça e Redação contra argumentou para que a moção de repúdio fosse revista, em sua redação, junto com Murilo Franca, relator da Comissão de Justiça e Redação mas não adiantou. “Eu não quero mudar a redação”, foi o ultimato de Valdereis. Por 7 votos a 4, a moção foi aprovada.

Consuelo Dourado também mostrou preocupação com a situação da saúde em Irecê. “Há unidades de saúde sem medicamento. Saúde deve ser prioridade. A Unidade Satélite do Baixão de Zé Preto está desativada. Ninguém tá pedindo. Isso é um direito que nos assiste”.

Única vereadora ausente na Sessão, Margarida Cardoso foi citada por Toinho do Judô, de que o convite já fora feito várias vezes por ela para que a Secretária de Saúde use a tribuna do Legislativo e explique sobre a questão da saúde do município. Valdereis Lopes pediu que a moção de repúdio chegasse ao Prefeito e ao Governador Rui Costa, a nota fala inclusive em “desvio de recursos públicos”.

O Projeto de Lei que cria o Dia Municipal do Judô foi apresentado por Antônio de Jesus, aprovado por unanimidade e acompanhado por Senseis e lutadores da arte marcial.

Foi aprovado também o Projeto de Lei que dispõe de isenção de IPTU – Imposto Predial Territorial Urbano para pessoas com doenças graves.

O Projeto de Lei para criação de banheiros públicos em eventos públicos para pessoas com deficiência, de autoria de Meire Joyce também foi aprovado por unanimidade.

O Projeto de Lei que cria a Procuradoria Especial da Mulher em Irecê, apresentado por Consuelo Dourado foi aprovado.

O Projeto de Lei que cria a Escola Cívica Brasileira com atuação em Umbuzeiro, de autoria de Fabiano Bia, foi aprovado. Fabiano Bia também indica ao Governador Rui Costa a abertura de posto avançado do INEMA em Irecê, que está em Seabra.

O Projeto de Lei que cria o Dia Municipal da Juventude também foi aprovado, com a presença do Movimento Coletivo Jovem, para cada 3º domingo de cada ano. Murilo Franca sugeriu a criação do Conselho Municipal da Juventude para um maior aprofundamento das discussões.

Taíse Torres recebeu uma moção de aplauso por seu projeto social desenvolvido com o Pedal Beneficente pela luta que ela abraçou para parar de fumar e ajudar o próximo.

O Projeto de Lei que cria o Fundo Municipal da Educação não foi aprovado. Léo da Unibel, líder da bancada de oposição pediu a retirada da pauta. “Convidamos o Secretário de Educação para usar a tribuna e nos falar sobre a Educação de Irecê e ele não compareceu”, pontuou. O projeto foi reprovado por 7 votos a 5.

A última Sessão Ordinária de 2018 se revelou desafiadora para o Prefeito Elmo Vaz, pois perdendo a maioria na Câmara, haverá dificuldades em aprovar projetos do Executivo e o diálogo será um caminho necessário.

Veja Galeria de Imagens:

 

Partilhar:

Prefeitura de Irecê realiza licitação na modalidade Leilão para a venda de máquinas e veículos inservíveis ao município

Arte: Ascom

Por Ascom PMI

A Prefeitura de Irecê vai realizar licitação na modalidade Leilão para a venda de 16 máquinas e veículos inservíveis ao município. A ação acontece no dia 26 de dezembro, às 9h, no prédio da Copirecê, e será do tipo maior lance por lote, podendo participar pessoas físicas inscritas no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e possuidores de RG; e Pessoas Jurídicas inscritas no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ).

Os bens que serão leiloados estarão expostos para visitação entre os dias 11 e 21/12 , das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h, na Rua São Francisco, 165, bairro Coopirecê, em frente à Secretaria Municipal de Infraestrutura (prédio da Coopirecê). É permitida, exclusivamente, a avaliação visual das máquinas e veículos, sendo vedados o manuseio e experimentação.

Partilhar:

Irecê realiza Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente nesta quinta-feira (13)

Arte: Ascom

Por Ascom PMI

Acontece nesta quinta-feira (13), a partir das 8h, no Centro Paroquial de Irecê, a Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A ação tem como principal viés oportunizar e fortalecer o diálogo e a cooperação entre órgãos e entidades governamentais e não-governamentais de promoção e defesa dos direitos humanos, de crianças e adolescentes.

Trata-se de um espaço onde deverão ser apresentadas novas políticas e apontados possíveis ajustes nas políticas vigentes, e acontece por meio do CMDCA e da Secretaria de Assistência Social, com apoio do Nuca.

O momento é de reflexão, construção e transformação através de propostas da sociedade e atores do sistema de garantia de direitos.

Partilhar:

É nosso anseio que IrecePress.com e CulturaePoder.com se consolidem no mercado do jornalismo hiperlocal e segmentado

Irecê, 13 de janeiro de 2018
Saudações terráqueos!
3h25 da manhã. Acordei cedo e tomei um banho quente. Inspirado, escrevi parte do Plano de Negócios da JF Comunicações. O trabalho não para. Organizar fluxogramas. A permanente atualização da agenda de fontes. Ativar a área comercial do grupo, afinal, nenhum empreendimento vai a frente sem financiamento. Na parte editorial, retornaremos com IrecePress.com e CulturaePoder.com na segunda-feira (15.01).
IrecePress.com tem o objetivo de ser A Agência de Notícias do Território de Irecê e portanto cobre jornalisticamente os 20 municípios que o compõem. “Leia Irecê como você nunca leu”, é o nosso slogan e o nosso anseio. Oferecer narrativas imersivas no jornalismo, pois contar histórias faz parte do nosso cotidiano
CulturaePoder.com, por ora, segue sua área de cobertura em Juazeiro-BA e Petrolina-PE, através do jornalismo segmentado nas editorias de Cultura, Política e Economia. Um projeto em construção.
Ainda lançaremos o ousado projeto do nosso Banco de Imagens, cujos esforços iniciais se concentram no tratamento e publicação de fotografias que refletem modos de vida dos ribeirinhos e ribeirinhas do Rio São Francisco em imagens autorais deste repórter e editor que vos fala.
Jornalismo de Dados, Newsletter e Dossiês Jornalísticos exclusivos para assinantes, Plataforma de financiamento de projetos jornalísticos colaborativos e reportagens especiais na plataforma multimeios AdobeSpark são algumas das novidades que traremos ao longo do ano, para você, que é a nossa audiência e razão de existir.
Durante este ano é crucial para nós, da JF Comunicações estreitar os laços com nossos públicos, sejam eles externos (A audiência, anunciantes, fontes) ou internos (jornalistas, repórteres, editores, estagiários, administrativo). Para isso, colocaremos a disposição a nossa quase onipresença nas redes e mídias sociais, cujas contas, também divulgaremos em breve e o nosso inovador serviço de Intranet!
Até logo mais!
CEO & Founder JF Comunicações
Partilhar:

Irecê vence Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor na categoria Empreendedorismo na Escola

Foto: Ascom/PMI

O município de Irecê venceu o X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor na categoria Empreendedorismo na Escola, com o projeto “Construir possibilidades para transformar”. O evento aconteceu na quarta-feira passada (28/11), no Hotel Fiesta, em Salvador, e premiou a parceria entre a Prefeitura e o Sebrae no Projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), realizado na Escola Luiz Viana Filho, no bairro São Francisco, e que conta com 400 alunos diretamente envolvidos em ações de empreendedorismo e fomento à cultura empreendedora.

Segundo o prefeito Elmo Vaz, o prêmio é um estímulo para continuar trabalhando e inovando. “Para a nossa alegria fomos vencedores na categoria Educação Empreendedora. Plantamos uma semente e estamos colhendo. Em 2019 vamos concorrer nacionalmente, com outros municípios do país, e esperamos vencer novamente”, disse. “Quero agradecer a Talita, diretora da Escola Luiz Viana Filho, aos alunos, professores, pais e toda a comunidade do bairro São Francisco. Esse prêmio é de vocês”, completou.

Na ocasião, Elmo Vaz também agradeceu ao Sebrae pela iniciativa de reconhecer as iniciativas das Prefeituras que visam o empreendedorismo e a geração de empregos, bem como os secretários de Educação e Indústria e Comércio, Agnaldo Freitas e Pedro Sodré e suas equipes, todos fundamentais para esta premiação. “A educação pública de Irecê é hoje uma das melhores da Bahia. Segundo o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2017, o município está entre os três melhores desempenhos do estado, analisando os 35 mais populosos da Bahia, tanto que a média alcançada foi 5,5 e supera a prevista para ser alcançada apenas no ano de 2021”, afirmou. “Esse prêmio é mais um reconhecimento desse trabalho”.

O gerente regional do Sebrae, Edirlan Souza, reforçou os agradecimentos pela parceria com a Prefeitura de Irecê. “Essa premiação é fruto dessa parceria. Agradeço ao prefeito Elmo Vaz e a comunidade do bairro são Francisco. Juntos estamos mudando a realidade da comunidade”. Já o secretário de Indústria e Comércio, Pedro Sodré, lembrou que Irecê vai concorrer ao prêmio nacional de Prefeito Empreendedor. “Temos muito orgulho dessa ação. Vamos agora para etapa nacional, com muita esperança de trazer para Irecê mais essa conquista”.

Agnaldo Freitas ressaltou a importância de incentivar o empreendedorismo e discutir ideias e ações que envolvam toda a comunidade com a escola. “Temos uma escola viva. No ano passado produzimos ótimos trabalhos através do JEPP, que é uma ferramenta fantástica de estímulo ao empreendedorismo”, finalizou.

(Ascom)

Partilhar:

Trabalhadoras e Trabalhadores Sem Terra realizarão o 31º Encontro Estadual na Bahia

Arte: Divulgação

O 31º Encontro Estadual dos Trabalhadores das áreas da Reforma Agrária pretende reunir cerca de mil e quinhentos camponeses de 10 regiões do estado da Bahia entre os dias 14 e 17 de dezembro, no Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador – BA.

Com o tema “Marcinho vive em nossos corações e mentes”, os camponeses pretendem fortalecer a mística em torno da Luta pela Reforma Agrária e homenagear o jovem camponês Márcio Matos, assassinado em janeiro desse ano.
“Infelizmente sua vida foi ceifada, então nós decidimos viver por ele e continuar lutando pelos seus ideais”, afirmam os trabalhadores.

Nesse sentido, o encontro visa debater as perspectivas da Reforma Agrária Popular em 2019, a educação do campo e o desenvolvimento da agroecologia como matriz de tecnológica capaz de preservar a natureza e gerar desenvolvimento social.

O evento trará uma programação diversa, pretendendo discutir temas como a atual crises econômica nacional e internacional, os desafios da agricultura camponesa e o papel do trabalhador do campo na organização popular. Além disso, a programação prevê a realização de assembleias com as mulheres, os homens, a juventude e os sujeitos LGBT Sem Terra.

Na ocasião, os trabalhadores Sem Terra contarão com a presença de movimentos populares, organizações sindicais, partidos de esquerda, amigos e parceiros históricos que contribuem historicamente na luta contra as desigualdades sociais no país.

Ascom MST

Partilhar:

Prefeitura de Irecê realiza 2ª Feira do Empreendedor com alunos do JEPP

Fotos: Ascom PMI

A Praça da Prefeitura recebeu no dia 30/11 a 2ª Feira do Empreendedor do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), que acontece em parceria com o Sebrae, protagonizado pelos alunos da Escola Luiz Viana Filho, do bairro São Francisco, e que recentemente deu à Irecê o X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor na categoria Empreendedorismo na Escola.

A diretora da Escola Luiz Viana Filho, Talita Dourado, explica que os diversos produtos negociados na Feira foram confeccionados pelos alunos. “Para nós foi um momento ímpar, pois ficamos felizes com a autonomia, talento, oralidade e as competências empreendedoras que o JEPP despertou em nossos alunos, que negociaram desde plantas medicinais, temperos e lanches até produtos sustentáveis como brinquedos reciclados, ecopapelaria e artesanato”, afirmou.

O secretário de Indústria e Comércio, Pedro Sodré, destaca que a Feira, que iniciou ano passado com a adesão ao JEPP, é sinônimo de muito trabalho e dedicação, com a participação de 400 alunos do 1º ao 9º ano recebendo ensino de qualidade e desenvolvendo o empreendedorismo, com a importante parceria do Sebrae. “Essa é uma grande oportunidade para que os alunos adquiram a veia do empreendedorismo, que é uma forte característica da nossa cidade”, conta. “Estamos incentivando esses jovens a empreender, e quem sabe a se tornar grandes empresários, gerando emprego e renda”.

De acordo com a coordenadora do JEPP, Graça Gonçalves, a ação é resultado de muito trabalho realizado em sala de aula, onde o aluno compreende que o empreendedorismo não é voltado apenas para os negócios. “Ele pode empreender em sua formação profissional, planejar seus estudos, suas perspectivas futuras” destacou. “Mapeamos os tipos de negócios do bairro São Francisco e encontramos quase 170 pontos de comércio, entre padaria, mercado, salão de beleza, entre outros, onde as famílias estão envolvidas direta e indiretamente. A intenção do projeto é potencializar nestes estudantes o gosto pela gestão de negócios”.

Ainda segundo a coordenadora, a Feira é resultado desse trabalho, que tem o importante apoio do Sebrae, começando com os estudos e em seguida as produções dos alunos para serem vendidas no evento. “Já percebemos muitos avanços, e os números expressivos alcançados pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2017 comprovam essa afirmação”, disse.

(Ascom)

Partilhar:

Novembro Negro movimenta quilombos e instituições escolares no interior da Bahia

Fotos: Divulgação

Por Uilson Viana*

O mês da consciência negra comemorado em todo o Brasil, este ano teve uma programação especial em diversos cantos e recantos do interior da Bahia. Com destaque para as comunidades quilombolas de Volta Grande de Barro Alto, Segredo de Souto Soares e algumas instituições escolares, a exemplo do IF Baiano e UNEB em Xique Xique.

No quilombo de Segredo a programação que deu inicio desde o dia 01 de Novembro,se estendeu até o dia 25 contando com atividades culturais, educativas, lúdicas, esportivas e de formação. Rodas de leitura, de conversa, danças, desfile da beleza negra, maratona foram algumas ações de destaque deste Novembro Negro.

O racismo na mídia foi tema da palestra proferida pelo jornalista Uilson Viana no dia 19/11 onde os participantes puderam de forma interativa discutir sobre como é produzido o racismo nos meios de comunicação e como o corpo negro é “enquadrado” num modelo de comunicação branco. Além disto, foram partilhadas experiências do racismo institucional vivenciado por participantes ali presentes. O evento é realizado pela Associação de Povos Remanescente de Quilombo de Segredo e conta com o apoio da Diretoria de Promoção da Igualdade Racial.

Já em Xique-Xique a I edição do Novembro Negro ocorrida entre os dias 21 a 24/11 no campus da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) contou com a realização do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI) do IF Baiano Campus Xique-Xique. Dentre as atividades, destacam debates no formato de mesa-redonda, roda de conversa, mini-curso, exibição de filme e documentário. De acordo com a professora Shauane Freire professora do IF e coordenadora do NEABI, o evento serviu para provocar uma reflexão tanto dos alunos como na comunidade externa sobre  “a Questão do Negro no Brasil, de modo a avançar nas ações necessárias para diminuir as desigualdades raciais em suas diversas dimensões”, ponderou.

Ainda de acordo com a professora Shauane “a temática da mesa intitulada Território e Cultura: Resistência e Identidade Negra, deu tom a todo o evento e teve como participantes Uilson Viana- membro da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas/CONAQ e doutorando em Estudos Étnicos e Africanos pela UFBA, Medson Janer, Babalorixá, professor da UNEB e coordenador do curso de engenharia agronômica da Faculdade Irecê, e  Hugo Gama representando o Movimento Black Power de Xique-Xique”.

A Lei 11.645 que trata da obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira e indígena, discussão sobre Filosofia Africana e Afro-Diaspórica e roda de conversa sobre Mulher e Juventude Negra compuseram ainda a vasta programação envolvendo grupos e ativistas locais a exemplo do coletivo feminista da cidade.

Em Volta Grande, a Associação dos Remanescentes de Quilombolas promoveu no dia 23/11 um momento de dialogo com seus associados, onde estes tiveram a oportunidade de conhecer de forma mais aprofundada sobre a história dos Quilombos no Brasil e o processo de resistência a fim de entender como os quilombolas persistem até hoje seguindo ideais de lutas e combate ao racismo e da visão distorcida sobre o lugar onde estes moram, criam seus filhos e refazem todos os dias a sua historia fincada na ancestralidade de matriz africana.

* Doutorando em Estudos Étnicos e Africanos; Jornalista (DRT – 0005198/BA); Mestre em Educação; Especialista em Educação Contextualizada e em Gênero e Raça; Administrador; Técnico Agrícola; Professor.

Partilhar:

Prefeitura lança Programa Mutirão Agrícola, que não acontecia há mais de cinco anos em Irecê

Fotos: Ascom

Agricultores familiares de todo o município de Irecê lotaram o auditório da Praça CEU na manhã da última quarta-feira (21), para o lançamento do Programa Mutirão Agrícola, que não acontecia na cidade há mais de cinco anos. O ato contou também com a presença de representantes de Associações Rurais, secretários municipais, vereadores e do prefeito Elmo Vaz.

Segundo o secretário de Agricultura, Arestides Dourado Jr (Borisco), a ação vai beneficiar diretamente 520 famílias de agricultores de 16 localidades do município. “Faremos o preparo do solo, entregando até cinco tarefas de terra aradas, além de acompanhamento técnico para o plantio”, disse.

“Isso é uma maravilha, cinco tarefas de terra já aradas pra nós é uma bênção, ainda mais nos dias de hoje. Estou muito feliz, vou plantar milho, mamona, feijão de corda e abóbora”, comemora a agricultora Maria Ferreira Guerra, do distrito de Angical, presente no evento.

Em sua fala, o prefeito Elmo Vaz destacou a importância das chuvas, uma vez que as terras estarão preparadas e informou também sobre novos projetos que poderão trazer ainda mais benefícios para a área. “Estamos garantindo o plantio, entregando a terra pronta, agora é continuar torcendo pelas chuvas e pela colheita” disse. “Pensando na comercialização esses produtos, não só de Irecê, mas de toda a região, solicitei ao governador Rui Costa o repasse da gestão do Mercado do Produtor para o município. Assim poderemos garantir a presença da Agricultura Familiar, através das Associações, comercializando lá os seus produtos”.

O Programa Mutirão Agrícola foi instituído por Lei Municipal em 2006 com o objetivo de dar apoio aos pequenos produtores, que vivem exclusivamente da atividade agrícola e que sejam filiados a Associações Rurais, visando o aumento da produção e da produtividade. A aração das terras já será iniciada nos próximos dias, com a logística organizada e acompanhada pela Secretaria de Agricultura, que também dará assistência técnica para o plantio.

(Ascom)

Partilhar: