Luizinho Sobral é mantido ficha suja pelo TSE e continua inelegível por 8 anos por abuso de poder através da Rádio Líder FM