Prefeito Elmo Vaz (PSB) comemora inauguração do Baixio de Irecê, que acontece hoje (23)

Foto: Secom/BA

Ascom/Prefeitura de Irecê

Ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), o prefeito Elmo Vaz (PSB) celebra a inauguração do empreendimento, que ocorre nesta sexta-feira (23), na região de Irecê localizada no Vale do Médio São Francisco.

Fruto de sua articulação política durante período em que esteve à frente da Companhia, o gestor destacou as possibilidade que se abrirão para todos os irrigantes da região com essa iniciativa

– Com a conclusão do projeto, a expectativa é de que sejam gerados cerca de 5 mil empregos diretos e indiretos, beneficiando toda a região, explica.

– Além disso, a agricultura irrigada permitirá alta produtividade e a introdução de culturas mais lucrativas e utilização de tecnologias para conservação e melhoria dos solos.

Para Elmo Vaz, é um sonho ver o Baixio de Irecê entrar definitivamente em operação. “Sinto-me parte disso, pois, enquanto estive à frente da Codevasf, tirei o projeto do papel e ajudei para que este dia chegasse. Parabenizo a direção da Codevasf, a Presidência da República, o Ministério da Integração, além dos agricultores, por este momento”.

O Projeto Baixio de Irecê está localizado na região do Vale no Médio São Francisco, entre os municípios de Itaguaçu da Bahia e Xique-Xique. A ação vai contribuir para o desenvolvimento da região semiárida, através da agricultura irrigada, aumentando as oportunidades de emprego e contribuindo com progresso regional. Na ocasião, é esperada a presença do presidente Michel Temer, do presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Avelino Neiva, além de prefeitos e autoridades da região.

Com programa ‘Urbaniza Irecê’, prefeitura vai estruturar mais de 100 ruas no município

Fotos: Ascom Prefeitura de Irecê

Por Ascom/Prefeitura de Irecê

A Vila Nobelino foi palco de uma grande ação integrada que levou serviços variados para os moradores da comunidade nesta terça-feira (20).

O projeto Movimenta Irecê, coordenado pela Secretaria de Esporte e com apoio das Secretarias de Saúde, Assistência Social e Infraestrutura, acolheu durante todo o dia moradores para prestar atendimentos de saúde, orientação social e emissão de documentos. Também foram oferecidas palestras e oficinas com práticas esportivas para jovens.

Para Nilza Miranda, moradora do bairro, a atividade foi bem-vinda principalmente porque ofereceu vários serviços que ela precisaria dedicar alguns dias para conseguir separadamente.

– Pude assistir uma palestra com um farmacêutico, que deu orientação sobre a forma correta de guardar e manipular os remédios, não deixar em locais onde esquenta muito ou tem umidade, tipo no fogão ou no banheiro, conta ela.

– Também pude pegar meu novo cartão do SUS, fiz o teste pra ver se estou com diabetes, e ainda passei no nutricionista e no fisioterapeuta. Eu gostei porque eu fui bem atendida, fizeram uma coisa organizada. Muito bom!”, ressalta dona Nilza.

Práticas esportivas – Ao longo do dia as crianças e jovens da Vila frequentaram as aulas e oficinas de esportes. Entre Judô, capoeira e outras atividades, dezenas de meninos e meninas tiveram contato com uma nova prática esportiva.

-Fizemos um trabalho de iniciação da arte marcial, contando um pouco da história, depois fizemos aquecimento e demonstramos os principais movimentos, além da filosofia e técnica por trás do esporte, explicou o instrutor de judô James Menezes.

Segundo ele, as crianças ficaram muito animadas com a demonstração.

– Tem a brincadeira natural da idade, mas a curiosidade e vontade de aprender chama atenção, ressalta o instrutor.

Balanço – Ao todo, o Movimenta Irecê realizou mais de 1500 atendimentos em Saúde, Assistência Social, Esporte e Lazer, beneficiando centenas de famílias.

Para o secretário de Esporte e Lazer, Valderi Carvalho, esse é um projeto de longo prazo que vai atender diversos bairros e povoados de Irecê.

– A nossa secretaria idealizou este projeto com o intuito de aproximar os serviços públicos das comunidades que mais sentem falta deles.

– O apoio estratégico de outras secretarias como a saúde, assistência social e infraestrutura, nos permitirá levar à frente essa grande ação, uma vez por mês, para um bairro ou povoado diferente. Nosso desejo é expandir cada vez mais essa cadeia de serviços para a população dos bairros mais afastados, explica Valderi.

Confira a lista de serviços que foram prestados:

Saúde:
Testes para HIV, Hepatites B e C, Sífilis
Consultas com dentista, fisioterapeuta e nutricionista
Atendimentos farmacêuticos com orientação clínica
Vacinação humana
Vacinação animal
Inspeção da Vigilância Epidemiológica em residências

Esporte e Lazer:
Judô, capoeira, cinema e brincadeiras lúdicas

Assistência Social:
Encaminhamentos para emissão de segunda via de Certidão de Nascimento e RG
Encaminhamentos para emissão de Passe Livre para Deficientes
Atendimentos individualizados e orientações em grupos.

Edição: Juliano Ferreira/IrecePress

Irecê-BA: Documentário ‘Quase Assalto’ é apresentado hoje (20.03.2018); 19h30 na Praça CEU

Foto: Divulgação

Juliano Ferreira/IrecePress

19h30 deste 20 de março estreia o documentário pois faz 1 ano do assalto a Agência do Banco do Brasil S/A em Irecê-Bahia.

Com Direção de Kel Dourado e Edição de Sócrates Júnior, o documentário fala do palco de guerra que foi montado em Irecê.

O evento ainda contará com a abertura com ‘Chama na Mente’, grupo de Rap da cidade.

Irecê-BA: Elmo Vaz (PSB) assina convênio federal durante 6ª edição do Encontro de Prefeitos da UPB

Foto: Divulgação/Ascom

Por Ascom/Prefeitura de Irecê

O prefeito de Irecê-BA, Elmo Vaz (PSB), participou da abertura da 6ª edição do Encontro de Prefeitos, promovido pela União dos Municípios da Bahia (UPB), que ocorreu até o último sábado (17), no Senai Cimatec em Salvador.

A solenidade de abertura contou com a presença do governador Rui Costa (PT), de parlamentares baianos e prefeitos de mais de 320 municípios do estado.

Na ocasião, Elmo Vaz destacou a importância do evento.

– A união dos prefeitos nesse momento de crise tem fortalecido ainda mais a luta municipalista na busca de conquistas importantes.

Durante o evento, o prefeito aproveitou para assinar o Termo de Adesão do município com o programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), do Governo Federal.

– Com essa ação vamos disponibilizar acesso à Internet e mais um conjunto de outros serviços de inclusão digital à comunidades excluídas do acesso à rede mundial de computadores.

– As localidades beneficiadas são Achado, Baixão de Zé Preto, Fazenda Nova, Meia Hora, Mocozeiro, Queimada Nova dos Rodrigues, Vila Castro, Lagoa Nova, Angical, Umbuzeiro, Queimada do Floriano e Itapicuru.

Edição Juliano Ferreira/IrecePress.com

Memória Política Irecê: Luiz Sobral

Foto: Acervo IrecePress.com

Cursou o Primário e o Secundário no Colégio Diocesano, Garanhuns, em 1958. Foi sócio majoritário da Empresa Sobral & Filhos Ltda., em Irecê-BA, entre 1966-1988 e Agricultor em Luís Eduardo Magalhães-BA.

Foi eleito prefeito de Irecê, de 1989-1992. Deputado estadual pelo Partido Liberal-PL, 1995-1999.

Nasceu em Garanhuns, PE em 14.09.1939.
Filho de José Bezerra Sobral e Josefa Ismel Sobral
Cônjugue: Ivone Moureira Pimental.

Como atividade parlamentar na Assembléia Legislativa, foi TITULAR da Comissão: Fiscalização e Controle (1995-1998) e SUPLENTE das Comissões: Saúde e Saneamento (1995-1998), Direitos Humanos (1995-1998), Especial de Defesa dos Direitos da Mulher (1995-1999), Especial Revisão Territorial (1997-1998).

Os dados são da ALBA-BA. Acesso em 21.02.2018. Disponível em http://www.al.ba.gov.br/assembleia/legislatura-deputado/126
Foto: Juliano Ferreira/Acervo IrecePress.com

Irecê: Agricultores da Região discutem prorrogação de prazos para pagamento de dívidas agrícolas

Foto: Divulgação

Juliano Ferreira/IrecePress

Agricultores da Região de Irecê se reuniram nesta sexta-feira (16) junto com a Cooperativa Copirecê, agentes financeiros e o Deputado Federal Afonso Florence (PT) para discutir a prorrogação do prazo dos agricultores da região com dívida ativa da União pela PGFN (Procuradoria Geral da Fazenda Nacional) e AGU (Advocacia Geral da União).

De acordo com Chicão Borges (PT), Secretário de Meio Ambiente de Irecê, “Isto só foi possível com a aprovação de uma nova Lei (13.606/2018), em substituição a Lei anterior (13.340/2016). Nós, como defensores do perdão total das dívidas dos agricultores familiares da região apoiamos esta articulação”, pontuou o secretário em sua rede social.

 

Dia Mundial do Rádio: Unesco destaca relação do meio com o esporte

Ana Cristina Campos/Agência Brasil

A interação do rádio com os esportes é o tema da edição deste ano proposto pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para lembrar hoje (13) o Dia Mundial do Rádio. Segundo a Unesco, o tema busca mostrar como o aumento da participação feminina nas transmissões esportivas de rádio pode contribuir para a liberdade de expressão.

“Apenas 12% das notícias esportivas são apresentadas por mulheres. A Unesco está trabalhando para promover a cobertura dos esportes com participação das mulheres, a combater a discriminação de gênero nas ondas de rádio e a promover oportunidades iguais na mídia esportiva. A tarefa é imensa”, disse a diretora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, em mensagem no site da Unesco. No comunicado, Audrey destacou que, segundo o relatório do Projeto Global de Monitoramento de Mídia, apoiado pela Unesco, somente 4% do conteúdo esportivo na mídia são dedicados aos esportes com participação feminina.

Ela ressalta que o rádio é um poderoso meio de transmitir os valores do jogo limpo, do trabalho em equipe e da equidade no esporte. “O rádio pode ajudar a combater o racismo e os estereótipos xenófobos que são, infelizmente, expressos dentro e fora do campo. Ele permite a transmissão de uma enorme variedade de esportes tradicionais, muito além das equipes de elite. Permite ainda a oportunidade de estimular a diversidade como uma força de diálogo e tolerância.”

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, lembrou que neste momento em que ocorrem os Jogos Olímpicos de Inverno, em PyeongChang, na Coreia do Sul, é preciso reconhecer o potencial das emissões desportivas como um veículo de aproximação das pessoas. “O rádio pode unir e empoderar comunidades e dar voz aos marginalizados”, disse Guterres.

O Dia Mundial do Rádio foi aprovado pela Assembleia Geral da ONU em 2011. Desde então, a data é lembrada no dia 13 de fevereiro em homenagem à inauguração da Rádio das Nações Unidas, em 1946.

Brasil

No Brasil, para marcar a data, as ações de comemoração foram planejadas pela representação da Unesco no país e o Ministério do Esporte por meio de entrevistas de desportistas para rádios e vídeos para as redes sociais. O recordista mundial paralímpico de natação Daniel Dias e a jogadora de vôlei e campeã pelo Esporte da Unesco Jackie Silva gravaram vídeos.

As estações de rádio interessadas no tema deste ano podem acessar o site oficial do Dia Mundial do Rádio disponível nas seis línguas oficiais da ONU: espanhol, inglês, francês, árabe, russo e chinês, e registrar seus eventos, seja entrevistas curtas ou programas de rádio. Foi definida ainda a hashtag #DiaMundialdoRádio para marcar a data.

Queda de braço: Prefeitura de Salvador fecha base da TVE Bahia na orla e gera polêmica

Anderson Sotero/A Tarde Online

Uma polêmica envolvendo a prefeitura de Salvador e a TVE Bahia tem ganhado os holofotes do Carnaval. O problema gira em torno de uma grua instalada na Rua Dom Marcos Teixeira, no circuito Dodô (Barra-Ondina). A Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) notificou que o equipamento fosse retirado por “colocar em risco a segurança dos foliões”, mas alega que a um tenente-coroenl da Polícia Militar (PM-BA) impediu o cumprimento da determinação municipal.

O imbróglio que já ganhou contornos políticos por ser um ano eleitoral teve início, segundo nota da TVE Bahia, na quinta-feira de carnaval, quando fiscais da prefeitura foram até a plataforma da emissora e questionaram a presença do equipamento, sob a alegação de que ele poderia prejudicar a circulação de pessoas no local.

Ainda segundo a TVE Bahia, que é a Emissora Pública do Estado, o equipamento foi desligado e uma visita técnica agendada para a sexta, (9). Após a visita de técnicos da Sedur, teria sido acordada uma alteração do local onde o equipamento estava.

“Surpreendentemente após o aval dos técnicos da prefeitura, a Sedur notificou a TVE para a retirada do equipamento utilizado pela emissora e instalado na Rua Dom Marcos Teixeira, mantendo os equipamentos da TV Bahia em suas posições”, ressaltou. Em nota, a emissora, que pediu, ainda, “as mesmas condições” de outras TVs para fazer a cobertura.

A solicitação para a utilização dos espaços, segundo a nota, já havia sido protocolada pela TVE Bahia junto à Sedur após consulta técnica prévia. “A TVE Bahia entende que todas as emissoras de TV devem ter garantidas as mesmas condições para a transmissão do Carnaval de Salvador sem qualquer tipo de perseguição ou vantagem a uma ou outra emissora”, acrescentou, em nota, a TVE Bahia.

Também por meio de nota, a prefeitura informou que não autorizou a grua da TVE Bahia e que a emissora ocupou “ilegalmente uma área pública”. O local, segundo a Sedur, serve de rota de fuga para os foliões do circuito da Barra.

O equipamento, de acordo com avaliação de engenheiros e técnicos da secretaria, estava ocupando dois terços da rua e não poderia permanecer no local “devido aos riscos que poder causar à população”.

“A Sedur também informa que não autorizou a instalação de outra grua da TVE na região do Farol da Barra porque a emissora não apresentou ao órgão a autorização do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan), necessária para a liberação pela Sedur de estruturas que fiquem próximas a patrimônios históricos”, ressaltou, em nota, a prefeitura.

Em uma segunda nota, divulgada neste domingo (11), a prefeitura informou que a emissora “insiste em colocar em risco a segurança dos foliões”. De acordo com o documento, a TVE não seguiu as determinações referentes à ocupação do espaço público urbano no Carnaval, “que são aplicadas a todos os veículos que cobrem a festa”.

A prefeitura informou, ainda, que o equipamento não foi retirado e a emissora não permitiu o deslocamento dele. “O diretor de fiscalização da Sedur, Átila Brandão Jr., ao tentar cumprir a determinação de desobstrução da via foi ameaçado de prisão pelo tenente-coronel Jackson, da Polícia Militar. A Sedur envidará todos os esforços para fazer cumprir a legislação municipal com vista a garantir a segurança dos baianos e turistas nos circuitos do Carnaval”, destacou a prefeitura, na segunda nota enviada à imprensa.

Neste domingo, a TVE Bahia voltou a se manifestar sobre o caso e informou que a grua ocupa um terço da rua e não dois terços, como havia informado a prefeitura. “A solicitação para utilização do local foi protocolada na Sedur, antes do início do Carnaval, a partir de consultas prévias aos técnicos da prefeitura, sempre indicando esta rua como o local a ser utilizado. Em nenhum momento os técnicos da prefeitura questionaram a rua pretendida ou propuseram outra. Pelo contrário, em visita, os técnicos deram o aval para a atual localização”, destacou, em nota, a TVE Bahia.

A emissora, no entanto, não informou se o equipamento permanece em funcionamento e nem comentou a alegação da prefeitura sobre um oficial da PM ter impedido a retirada do equipamento por técnicos da Sedur.

Sobre a segunda plataforma elevatória localizada no Farol, a TVE Bahia destacou que recebeu autorização formal do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural – Iphan. “As câmeras estão sustentadas por plataformas elevatórias para mostrar todos os detalhes aos telespectadores.  Assim como fazem outras emissoras neste circuito, como a TV Bahia, que utiliza plataformas semelhantes também instaladas na Avenida Oceânica e em ruas transversais”, finalizou, em nota, a TVE Bahia.

Edição: Juliano Ferreira/IrecePress.com

Agenda Cultural: Antonio Fabrício se apresenta hoje (9) no Caatingueiros Bar

Foto: Divulgação

Antonio Fabrício se apresenta hoje (9) no Caatingueiros Bar, em Irecê-BA a partir das 22h. A pulseira custa R$10,00.

– Vindo do oeste do estado, da cidade de Ibotirama, cantor e compositor atuante em festivais de música pelo país, o jovem trás um repertório contendo uma mescla da velha com a nova MPB, além de introduzir versões variadas ao seu estilo, tornando sua apresentação envolvente e cativante.

Serviço:

Quem: Antonio Fabrício

Data: 9/2/2018

Local: Caatingueiros Bar, Centro Comercial Fiesta, Irecê, BA

Hora: 22h

Preço: R$10,00

Mais informações: https://www.facebook.com/caatingueirosbar/

Da Redação/IrecePress.com

Fabíola Mansur (PSB) pede Ronda Maria da Penha em Irecê e Itaparica

Foto: Ascom/ALBA

A deputada Fabíola Mansur (PSB) defendeu em indicações encaminhadas ao governador Rui Costa (PT) a implantação da Ronda Maria da Penha em Irecê e Itaparica, com objetivo de reduzir a violência doméstica e aumentar as medidas protetivas às mulheres dos dois municípios baianos. Ao justificar a medida, Fabíola  destacou o aumento dos casos de agressão contras as mulheres nessas localidades.

Em relação a Irecê, município com uma população estimada em 66 mil habitantes, sendo a maioria mulheres, “as respostas dos agentes de segurança pública precisam ser potencializadas para salvaguardar a segurança em todo o território de identidade”, avaliou a deputada. “A implantação da premiada operação da Ronda Maria da Penha por parte do Poder Executivo será uma demonstração clara de preocupação com o desenvolvimento e a segurança daquela região, assim como vai potencializar as ações de combate à violência contra as mulheres”, acredita ela.

Apesar da população menor, cerca de 23 mil habitantes, Itaparica tem quadro semelhante e também causa preocupação a situação vivida por muitas mulheres da região, explicou Fabíola Mansur no documento. De acordo com ela, as  estatísticas denotam a insegurança local, “sendo de preponderante importância para o desenvolvimento ações preventivas e protetivas em segurança, às mulheres que vivem sob ameaça constante”.

Ascom/ALBA