Irecê inicia discussão para a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé
Texto e Foto: Ascom Prefeitura de Irecê

Articular o ingresso de Irecê no programa Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações e Unidas e alinhar caminhos para elaboração e implantação do Plano Municipal de Educação Ambiental, foram os principais objetivos da participação do secretário de Meio Ambiente de Irecê, João Gonçalves, no 1º Simpósio – Agenda 2030, ocorrido em Morro do Chapéu na última quinta-feira (04).

João Gonçalves, que esteve acompanhado da diretora da divisão de educação ambiental, da secretaria municipal de Educação, Marilza Pereira, falou durante o evento que “é inadiável refletir o atual modelo de produção e consumo e planejar as comunidades urbanas e rurais o que se deseja para o futuro, com foco no desenvolvimento sustentável”.

Promovido pela secretaria estadual de Meio Ambiente, em parceria com a prefeitura local, o evento contou com a participação do secretário estadual da pasta, João Carlos Oliveira, que disse às autoridades, representações do setor privado e das organizações sociais, que “para alcançarmos as metas, precisamos do engajamento de todos os parceiros. Vocês estão no caminho certo e serão referência em sustentabilidade”, ressaltou.

Na oportunidade, Luciana Santa Rita, coordenadora do Programa Água Doce (PAD) da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), apresentou as ações do programa, tecnologia social que já conta com quase 200 sistemas de dessalinização de água salobra instalados no semiárido baiano, contribuindo com o acesso à água de qualidade para o consumo humano.

A programação contou também com a apresentação da linha de base dos indicadores sociais, econômicos e ambientais do município; composição do Conselho do Instituto Tecnológico Geopark Morro do Chapéu; e a discussão com a comunidade do plano de ação e estruturação do PPA municipal em sincronia com as diretrizes dos ODS da ONU.

ODS – Agenda global com 17 indicadores e 169 metas adotadas pela ONU em 2015, ano em que expirou o prazo de cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), a ODS traz novas metas mais abrangentes, que incluem, por exemplo, a erradicação da pobreza, acesso ao saneamento básico e à energia renovável. O prazo limite para o cumprimento é 2030.

Ouvidoria do Município de Irecê cumpre papel pioneiro no atendimento aos cidadãos

A imagem pode conter: 1 pessoa
Fábio Nunes, Ouvidor Geral do Município discursa na tribuna da Câmara. Foto: Divulgação.

Por Juliano Ferreira

Ouvir as demandas da população e fazer com que estas demandas, sejam elas, reclamações, elogios, sugestões, críticas ou solicitações são recebidas, encaminhadas as instâncias competentes e devolvidas ao cidadão com retorno de até 24 horas, este é o principal objetivo da Ouvidoria do Município de Irecê.

De acordo com Fábio Nunes, Ouvidor Geral do Município, “uma ouvidoria pública atua no diálogo entre o cidadão e a administração pública, de modo que as manifestações decorrentes no exercício da cidadania provoquem contínua melhoria nos serviços prestados”.

A ouvidoria funciona através de telefone fixo, e-mail e com caixas de sugestão, presentes nos diversos setores da administração pública municipal. “Um dos nossos diferenciais é que a ouvidoria não funciona somente através de nossos canais, mas de forma presencial, de 8h às 12h no prédio da Prefeitura Atende, e das 14h às 17h através dos nossos canais”, pontua Nunes.

Em 28 de julho de 2017, o órgão realizou um Seminário com o tema: Ouvidoria cidadã – Um instrumento de construção coletiva, que teve por objetivo tornar conhecido o papel da ouvidoria e principalmente criar as ouvidorias da Saúde e da Educação. Estiveram presentes como palestrantes, a ouvidora do SUS no Estado da Bahia, Celurdes Carvalho e o Advogado e presidente do PPS em Irecê, Edvaldo Martins Araújo.

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Edivaldo Martins de Araujo e Fabio Nunes, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno
Seminário sobre Ouvidoria cidadã realizado em Irecê. Foto: Divulgação.

“Irecê é o único município do Estado da Bahia a ter uma ouvidoria específica de saúde e educação, ligados a ouvidoria geral, para garantir a participação do povo na gestão e realizar seus anseios”, finaliza Nunes.

Serviço:
Telefone: (74) 3688-6525
E-mail: ouvidoria@irece.ba.gov.br

Acervo Pedro Firme do Carmo (In Memorian) resgata parte da Historiografia da Política da Bahia, de Presidente Dutra, de Irecê e seu Território em textos e imagens preliminares

Texto e imagens: Juliano Ferreira/IrecePress

Revelamos hoje (23) com exclusividade parte do Acervo Pedro Firme do Carmo, que traz documentos de parte da história da política de Presidente Dutra, de Irecê, de Itaguaçu da Bahia, de Xique-Xique, de Uibaí, da Vila de Campo Formoso e de Araçatuba, dentre outras localidades. Pedro Firme do Carmo (in Memorian) foi casado com minha avó, Edna Silva do Carmo que me deu uma aula de política e memória oral, no inventário dos documentos, a ela dedico estas primeiras imagens fotodigitalizadas.

Evoco, Araçatuba, povoado de Presidente Dutra, cidade do interior baiano, capital da Pinha e que vivi parte da infância. Era lá que meus avós maternos moravam. Pedro Firme do Carmo e Edna Silva do Carmo.

A imagem de meu avô sentado embaixo da árvore em seu tamborete é tão cristalina que consigo enxergá-lo e ouvi-lo reclamando por conta da TV alta em períodos de jogo da copa do mundo. E o seu jeito de reclamar era sui generis. Era com um pigarreado na garganta que ecoava do quarto, quando o mesmo estava deitado.

Certa oportunidade, fomos, eu e minhas primas, ajudá-lo a plantar mamona em sua roça, para que as sementes terminassem logo, jogávamos várias delas em cada cova. Ao nascer foi trágico. Vários pés de mamona uns por cima dos outros.

As recordações vão se passando em minha memória e elas vão se tornando indeléveis a medida que vou trazendo-as. Nada mais existe. Com sua morte, tudo fora vendido. Antes de partir e ainda lúcido, no hospital municipal de Irecê, me deu os últimos R$10,00. Já não havia jeito. Sua morte foi tão tranquila e serena, deitado, em sua casa, em Araçatuba.

Era um homem reto e íntegro, todas as tardes pegava seus óculos e seu livro de reflexões religiosas e ia rezar no fundo do quintal. Não havia ninguém que atravessasse a estrada de um lado e de outro, que não falasse com ele, vindo pessoalmente ou a distância.

Meu avô me ensinou, sem nunca ter lido Neruda, porque as árvores escondem o esplendor de suas raízes. Elas, as raízes não precisam ser vistas, mas toda a árvore sabe, que sem raízes, não é ninguém.

Minhas raízes estão vivas dentro de mim. E é por isso que dedico estas fotografias do espectro político de meu avô, minha avó e minha mãe, mesmo sendo petista, é uma homenagem que realizo a eles, por toda a formação que me proporcionaram. Susan Sontag nos ensinou o poder da fotografia, a fotografia como documento histórico, a fotografia com a capacidade de desvelar realidades não vistas.

Galeria de imagens

Permitida a reprodução, desde que citada a fonte:

Prefeitura de Irecê realiza 2ª Feira do Empreendedor com alunos do JEPP

Fotos: Ascom PMI

A Praça da Prefeitura recebeu no dia 30/11 a 2ª Feira do Empreendedor do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), que acontece em parceria com o Sebrae, protagonizado pelos alunos da Escola Luiz Viana Filho, do bairro São Francisco, e que recentemente deu à Irecê o X Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor na categoria Empreendedorismo na Escola.

A diretora da Escola Luiz Viana Filho, Talita Dourado, explica que os diversos produtos negociados na Feira foram confeccionados pelos alunos. “Para nós foi um momento ímpar, pois ficamos felizes com a autonomia, talento, oralidade e as competências empreendedoras que o JEPP despertou em nossos alunos, que negociaram desde plantas medicinais, temperos e lanches até produtos sustentáveis como brinquedos reciclados, ecopapelaria e artesanato”, afirmou.

O secretário de Indústria e Comércio, Pedro Sodré, destaca que a Feira, que iniciou ano passado com a adesão ao JEPP, é sinônimo de muito trabalho e dedicação, com a participação de 400 alunos do 1º ao 9º ano recebendo ensino de qualidade e desenvolvendo o empreendedorismo, com a importante parceria do Sebrae. “Essa é uma grande oportunidade para que os alunos adquiram a veia do empreendedorismo, que é uma forte característica da nossa cidade”, conta. “Estamos incentivando esses jovens a empreender, e quem sabe a se tornar grandes empresários, gerando emprego e renda”.

De acordo com a coordenadora do JEPP, Graça Gonçalves, a ação é resultado de muito trabalho realizado em sala de aula, onde o aluno compreende que o empreendedorismo não é voltado apenas para os negócios. “Ele pode empreender em sua formação profissional, planejar seus estudos, suas perspectivas futuras” destacou. “Mapeamos os tipos de negócios do bairro São Francisco e encontramos quase 170 pontos de comércio, entre padaria, mercado, salão de beleza, entre outros, onde as famílias estão envolvidas direta e indiretamente. A intenção do projeto é potencializar nestes estudantes o gosto pela gestão de negócios”.

Ainda segundo a coordenadora, a Feira é resultado desse trabalho, que tem o importante apoio do Sebrae, começando com os estudos e em seguida as produções dos alunos para serem vendidas no evento. “Já percebemos muitos avanços, e os números expressivos alcançados pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2017 comprovam essa afirmação”, disse.

(Ascom)

Atendimento em Neuropediatria é destaque no Centro de Especialidades Médicas de Irecê

Foto: Ascom PMI.

Por Ascom

O Centro de Especialidades Médicas (CEM) da Prefeitura de Irecê vem realizando um importante serviço no município. Desde o início de 2017 já foram prestados mais de 40 mil atendimentos em diversas especialidades médicas, como Angiologia, Cardiologia, Clínica Médica, Coloproctologia, Dermatologia, Eletrocardiograma, Endocrinologia, Gastroenterologia, Neurologia, Neuropediatria, Nutrição, Ortopedia, Pediatria, Pneumologia, Psicologia, Psiquiatria e Retossigmoidoscopia.

Um dos serviços mais procurados é o de Neuropediatria, que oferece uma atenção humanizada e resolutiva, melhorando a qualidade de vida de muitas crianças. O atendimento é feito pelo neuropediatra Jadson Fraga, que é conhecido pelas crianças como “Super Neuro Ped”, uma vez que se veste de super-herói em um ambiente de descontração, com brincadeiras e pinturas de rosto.

“Quando recebi o convite da Prefeitura de Irecê fiquei bem animado por estarem proporcionando a interiorização e oportunizando o atendimento a crianças em vulnerabilidade econômica, que não têm acesso a neuropediatria”, explicou o médico. “Já fizemos diversos diagnósticos e estamos tratando casos de autismo, epilepsia, microcefalia, paralisia cerebral, dislexia, hiperatividade e deficiência intelectual, até casos raros como a miotrofia muscular espinhal, paralisia periódica, entre outros”.

De acordo com a Secretária de Saúde, Dulce Nunes, já foram atendidas mais de 1.400 crianças desde o início da atual gestão. “Contamos ainda com equipe multidisciplinar que é fundamental para o sucesso do tratamento das nossas crianças”, disse a secretária, sobre os profissionais das áreas de fisioterapia, psicologia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e pediatria.

Vereadores de Irecê-BA denunciam ex-prefeito Luiz Pimentel Sobral (Podemos) a Polícia Federal por dívidas junto ao INSS

Ex-prefeito e suplente de Deputado Estadual Luiz Pimentel Sobral. Foto: Divulgação.

Por Juliano Ferreira

Os Vereadores Tertuliano Leal Libório – Tertinho (PTB), líder da bancada do governo na Câmara, Rogério Santos Amorim – Figueredo (PSB), Presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Irecê, Fabiano Oliveira Silva dos Santos – Fabiano Bia (PPS), Luciano Pereira da Silva (PV), Meire Joyce Souza Figueiredo – Meirinha, 1ª Secretária da Mesa Diretora (Rede) e Murilo Franca Paiva Silva (PPS), relator da Comissão de Justiça e Redação, protocolaram denúncia à Superintendência Regional da Polícia Federal na Bahia contra o ex-prefeito do Município de Irecê, Luiz Pimentel Sobral (Podemos) por conta de dívidas deixadas junto ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

O documento encaminhado ao Procurador da República em Irecê-BA diz que “quando o ex-prefeito tomou posse em 1º de janeiro de 2013, recebeu como dívida fundada com o INSS, R$ 21.413.144,96 conforme demonstrativo das contas de dezembro de 2012, último mês da gestão do ex-prefeito José Carlos Dourado das Virgens (à época no PT), e que este herdou do ex-prefeito Joacy Nunes Dourado (PMDB), dívida fundada com o INSS no valor de R$ 22.080.414,37, conforme balanço patrimonial do exercício de 2008”.

O documento aponta que “em 31 de dezembro de 2016, o ex-prefeito Luiz Pimentel Sobral entregou o município de Irecê-BA, para o atual gestor Elmo Vaz Bastos de Matos (PSB), sem apresentação do relatório conclusivo da transmissão de governo, e com a dívida junto ao INSS de R$ 79.079.032,82.

Diante do exposto, afirma o documento, “deduzimos que: todos os ex-prefeitos passados até 31 de dezembro de 2012, ou seja, até a gestão de José Carlos Dourado das Virgens, acumularam dívidas com a previdência social (INSS) no montante de R$ 21.413.144,96 e o ex-prefeito Luiz Pimentel Sobral em quatro anos de gestão aumentou essa dívida em R$ 57.665.887,86, diferente do que fez o gestor anterior que amortizou a dívida com o INSS em R$ 667.269,41”.

Ao finalizar, o documento protocolado em 24 de setembro de 2018 pede investigação ao Ministério Público Federal “por conta de atos e ações muito irrazoáveis relacionados com a dívida de Irecê-BA e o Instituto Nacional de Seguro Social”. O documento pede ainda “que em havendo dano ao erário o representado (Luiz Pimentel Sobral) seja responsabilizado e penalizado na forma da lei.
O documento encaminhado a Superintendência Regional da Polícia Federal na Bahia é de 2 de outubro de 2018.

Em ofício nº 20 de 24 de julho de 2018 sobre o saldo das dívidas em 31 de dezembro de 2016 enviado ao atual prefeito Elmo Vaz Bastos de Matos pela Receita Federal, o valor total deixado pelo ex-prefeito Luiz Pimentel Sobral é de R$ 79.079,032,82.

Na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Irecê desta quinta-feira, 1º de novembro, o Presidente da Câmara, Figueredo comentou o assunto: “O ex-prefeito endividou o município em apenas quatro anos de gestão e até agora não vi nenhum membro da bancada de oposição falar nada a respeito do assunto. Gostaria que alguns colegas refletissem sobre o assunto em redes sociais e na mídia local.É por isso que protocolamos esta denúncia junto ao Ministério Público Federal e a Polícia Federal”.

Câmara Municipal de Irecê-BA aprova Projetos de Lei do Executivo

Foto: Juliano Ferreira/IrecêPress.

Por Juliano Ferreira

Por unanimidade, os vereadores das bancadas de situação e oposição da Câmara Municipal de Irecê-BA aprovaram na sessão ordinária desta quinta-feira, 1º de novembro, dois Projetos de Lei enviados pelo Poder Executivo.

O primeiro é o Projeto nº 14/2018 que trata da isenção de pagamento da Zona Azul para idosos que estejam conduzindo ou sendo transportados. A Comissão de Justiça e Redação deu parecer favorável pela legalidade e admissibilidade do Projeto.

O segundo é o Projeto nº 13/2018, que estabelece novas diretrizes para implantação do Conselho Municipal de Saúde. De acordo com Murilo Franca (PPS), relator da Comissão de Justiça e Redação, “a implantação do Conselho Municipal de Saúde objetiva ser um canal de voz da sociedade para pressionar, acompanhar e fiscalizar as ações do estado e do município”.

Estiveram presentes na sessão os vereadores Toinho do Judô (PRB), Irisvan do Angical (PSD), Margarida Cardoso, Paulo Joaquim e Espedito Moreira (Podemos), Consuelo Dourado e Léo da Unibel (PSDB), líder da oposição, Luciano Silva (PV), Tertuliano Leal (PTB), líder do governo , Murilo Franca e Fabiano Bia (PPS), Edilson Alecrim (PP), Meire Joyce – Meirinha (Rede) e Rogério Amorim – Figueredo, Presidente da Câmara. A vereadora Valdereis Lopes (PSD) faltou.

Irecê-BA recebe projeto cultural ‘Arena Interativa Coca-Cola’ entre 25 e 28 deste mês

Arte: Divulgação/PMI

Por Ascom PMI

A cidade de Irecê, na Chapada Diamantina Setentrional vai receber, entre os dias 25 e 28/10, a Arena Interativa Coca-Cola.

A ação acontece na Praça Chico Mendes, conhecida também como Praça do Requintes a partir das 15h, e conta com diversas atividades de lazer, esportes, educação e música.

Segundo o secretário de Cultura de Irecê, Sólon Barretto, os visitantes da Arena Interativa poderão ainda experimentar os brinquedos e equipamentos de esportes radicais. “Teremos atrações como a Girobike, o Full Pipe, o Bungee Trapolim e a Torre de Escalada”, afirmou.

Ainda segundo Sólon, serão disponibilizados espaços para a prática de skate, futebol de golzinho, basquete de rua, tênis de mesa e jogos de tabuleiro; e no palco, desde às 15h, diversas apresentações de música, dança e teatro.

A Arena Interativa Coca-Cola tem apoio da Prefeitura de Irecê e do Governo do Estado da Bahia, através do Faz Atleta.

Edição: Juliano Ferreira

Irecê-BA: CRAS Merenice realiza evento sobre valorização da vida e prevenção ao suicídio nesta quarta-feira (26)

Arte: Skodonnell/Thinkstock e Camilla Loureiro/MdeMulher.

Por Juliano Ferreira

O CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) Merenice, em Irecê-BA, realiza nesta quarta-feira (26) uma roda de conversa e trocas de experiência com o tema “A Valorização da Vida e Suicídio”.

Pela manhã será de 8h às 10h e a tarde das 14h às 16h. O evento ocorre no Cine Teatro da Praça CEU, onde também fica localizado o CRAS.

Adolescentes, pais e responsáveis que participam do Serviço de Convivência é o público-alvo.

Prevenção ao suicídio – Telefones úteis e onde buscar ajuda:

CAPS II (Centro de Atenção Psicossocial) Dias Melhores de Irecê: (74) 3641-0033.

CVV (Centro de Valorização da Vida: 188 (Ligação gratuita e 24h).

SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência: 192.

Emiliano José lança livro e realiza palestra sobre AI5 e Ditadura Militar nesta quinta-feira (30) na Faculdade Irecê

Por Juliano Ferreira

Emiliano José lança seu livro “Waldir Pires” em Irecê-BA, nesta quinta-feira (30) e realiza palestra sobre o Ato Institucional 5 e a Ditadura Militar. O evento acontece no Auditório da FAI – Faculdade Irecê a partir das 19h30.

Emiliano José é doutor em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela UFBA, professor e jornalista.

Para Eudes Pereira Bastos júnior, presidente do Diretório Acadêmico de Farmácia, “uma das missões do Diretório Acadêmico do curso de Farmácia da FAI, é ajudar a compor este elo que liga a instituição à sociedade e, pensando nisso, nossa equipe tem a honra de trazer para Irecê o lançamento da biografia do nosso saudoso ex-governador Waldir Pires, escrito pelo renomado Professor Emiliano José, que estará presente distribuindo autógrafos no auditório da Faculdade Irecê e participando de um debate sobre os 50 anos do Ato Institucional V”.

Participarão do debate os professores Rodolfo Carneiro e Marilva Batista Cavalcante (Faculdade Irecê), Wescley Dourado (Grupo Cometa) e Márcio Andrade (Cursinho Visão).

“Tendo em vista o cenário político onde ideais estão sendo perdidos e ideias extremistas vem ganhando novamente o apreço popular, surge hoje mais do que nunca, a necessidade de colocarmos em pauta este tema para que nunca nos esqueçamos dos anos de chumbo e dos incontáveis retrocessos que eles trouxeram ao campo da Ciência/Pesquisa/Saúde”, completou Eudes Bastos.