Fabíola Mansur (PSB) pede Ronda Maria da Penha em Irecê e Itaparica

Foto: Ascom/ALBA

A deputada Fabíola Mansur (PSB) defendeu em indicações encaminhadas ao governador Rui Costa (PT) a implantação da Ronda Maria da Penha em Irecê e Itaparica, com objetivo de reduzir a violência doméstica e aumentar as medidas protetivas às mulheres dos dois municípios baianos. Ao justificar a medida, Fabíola  destacou o aumento dos casos de agressão contras as mulheres nessas localidades.

Em relação a Irecê, município com uma população estimada em 66 mil habitantes, sendo a maioria mulheres, “as respostas dos agentes de segurança pública precisam ser potencializadas para salvaguardar a segurança em todo o território de identidade”, avaliou a deputada. “A implantação da premiada operação da Ronda Maria da Penha por parte do Poder Executivo será uma demonstração clara de preocupação com o desenvolvimento e a segurança daquela região, assim como vai potencializar as ações de combate à violência contra as mulheres”, acredita ela.

Apesar da população menor, cerca de 23 mil habitantes, Itaparica tem quadro semelhante e também causa preocupação a situação vivida por muitas mulheres da região, explicou Fabíola Mansur no documento. De acordo com ela, as  estatísticas denotam a insegurança local, “sendo de preponderante importância para o desenvolvimento ações preventivas e protetivas em segurança, às mulheres que vivem sob ameaça constante”.

Ascom/ALBA

Com recursos de 2 milhões assegurados, Irecê ganhará abertura de nova avenida

Da esq. para a dir. Elmo Vaz (PSB), prefeito de Irecê, Rui Costa (PT), Governador da Bahia, Figueiredo, Presidente da Câmara de Irecê e Fabíola Mansur, deputada estadual pelo PSB. Foto: Divulgação/Ascom

O município de Irecê foi beneficiado com recursos no valor de cerca de R$ 2 milhões para a construção de uma nova avenida que ligará a Adolfo Moitinho até a BA-052, próximo a UNEB, passando pelo Loteamento Fernandes. O anúncio foi feito na tarde da última quarta-feira (31) pelo governador Rui Costa (PT), em evento com prefeitos do interior do estado, no auditório da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), em Salvador.

Segundo o prefeito Elmo Vaz (PSB), o Governo da Bahia tem sido parceiro dos municípios, com a alocação de recursos importantes para a realização de obras estruturantes. “O governador Rui Costa tem olhado com carinho para Irecê e região. Assim como fez com a inauguração da Policlínica, essa obra terá grande importância para o município”, comemorou o gestor, que aproveitou para agradecer a deputada Fabíola Mansur (PSB), que também colocou recursos de sua emenda parlamentar no valor de R$ 400 mil para a obra. “Quero deixar uma marca na nossa gestão, que será a abertura de novas avenidas para acesso e expansão da cidade, a exemplo do recurso já garantido para a ligação do Mercadão com a BA-052 na altura da Cerb, e essa nova avenida que vai ligar a UNEB à Rodoviária”, completou.

Na ocasião foram assinados diversos convênios nas áreas de saúde e infraestrutura urbana, totalizando R$ 25 milhões em investimentos. “Hoje chegamos a 204 municípios contemplados e R$ 120 milhões em convênios nesses encontros”, disse na ocasião o governador Rui Costa.

Ascom/Secretaria de Governo
Prefeitura de Irecê

IV Festival de Teatro da Caatinga encerra com sessão lotada; Prefeito Elmo Vaz (PSB) disse que vai lutar por Teatro em Irecê

Por Ascom/Prefeitura de Irecê

A IV edição do Festival de Teatro da Caatinga foi um sucesso. O evento levou para Irecê grupos teatrais baianos e de outros estados, além de atrações internacionais da Bélgica e Espanha, e foi encerrado no último sábado (27) com a com a exibição do espetáculo Dubididum Taratata, da Cia Comboio de Teatro, do Rio Grande do Norte, no auditório do Colégio Modelo.

De acordo com o diretor artístico e curadoria do festival, Paulo Atto, o evento teve sessões lotadas todos os dias. “Tivemos filas diariamente, e os artistas ficaram muito felizes com a casa cheia sempre”, afirmou. “Fizemos um  evento que mostrou de forma significativa o teatro na Bahia, dialogando também com Companhias de fora, promovendo uma integração muito bacana”, disse.

Saiba mais:
Irecê-BA: IV Festival de Teatro da Caatinga movimenta a cena cultural a partir de hoje (19)

Confira Galeria de Imagens por Waldson Alves:
Ensaio: O Sertão e o Mundo (19.01) no IV Festival de Teatro da Caatinga

Para Atto, o teatro em Irecê é uma manifestação artística muito forte, que tem um público consistente e muita gente envolvida. “Além disso, o prefeito Elmo Vaz é um cara da Cultura e tem muita sensibilidade com o tema”, disse, destacando que o evento recebeu uma média de 4 mil pessoas em nove dias de programação. “Apresentamos uma grade rica e diversificada, que agradou em cheio”.

O prefeito Elmo Vaz (PSB) destacou ainda as oficinas e os cursos que foram realizados durante o festival. “O público de Irecê assistiu excelentes peças, com grupos de teatros muito diversos. Cultura também faz parte das necessidades básicas, e após este festival estou convencido de que Irecê precisa de um teatro. Nossa gestão vai lutar por isso”, pontuou Vaz.

Elmo lembrou ainda que o deputado federal Daniel Almeida (PCdoB), anunciou uma emenda parlamentar no orçamento da União, no valor de R$ 150 mil, que vai possibilitar a realização da quinta edição do evento. “Com esse recurso vamos continuar levando cultura a nossa gente”.

O IV Festival de Teatro da Caatinga aconteceu em parceria com a Secretaria de Cultura da Prefeitura de Irecê, com apoio financeiro do Fundo de Cultura, Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e Secretaria da Fazenda do Governo do Estado da Bahia, sendo vencedor do Edital Nº 22/2016 – Setorial de Teatro da Funceb.

Com Edição de Juliano Ferreira/IrecêPress
Fotos: Waldson Alves

Elmo Vaz (PSB) Prefeito de Irecê-BA é acionado pelo Ministério Público por casos de nepotismo

Divulgação | prefeitura de Irecê

Por A Tarde Online

O Ministério Público estadual ajuizou uma ação civil pública contra a prefeitura de Irecê após identificar nove casos de nepotismo no município, incluindo familiares do atual prefeito, Elmo Vaz Bastos de Matos (PSB).

A ação, de autoria da promotora de Justiça Edna Márcia Souza Barreto de Oliveira, requer a nulidade dos atos de nomeação e investidura no cargo do irmão e sobrinho de Elmo Vaz; da filha do secretário de Agricultura, Arestides Dourado Júnior; do irmão e da esposa do secretário de Educação, Agnaldo Alves de Freitas; da irmã do vereador Fabiano Bia; de dois irmãos do vereador Murilo Franca Paiva Silva; e do filho do secretário de Assistência Social, Jilvaci Matias Dourado.

Segundo a promotora de Justiça, foram expedidas recomendações ao prefeito e ao presidente da Câmara de Vereadores, no intuito de anular as contratações de pessoas ligadas por vínculos de parentesco com o prefeito, vice-prefeito, vereadores, secretários municipais e servidores municipais, que não foram acatadas.

O MP requer que o Município “se abstenha de nomear cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica para investidura em qualquer cargo público, à exceção daqueles em que o ato de nomeação decorra de aprovação em concurso público”.